Os 20 Gatilhos Mentais Indispensáveis Para Vender Mais

Você sabe o que são gatilhos mentais? Pois bem, atualmente todos nós vendemos alguma coisa. Seja a nossa imagem, o nosso trabalho ou um produto, pois estamos sempre em busca de convencer alguém a comprar nossa ideia.

Em alguns casos, fica bem mais difícil vender, já que a concorrência é grande e você precisa encontrar uma forma de se sobressair. Por isso, os gatilhos mentais são as chaves dos bons resultados de vendas.

Você sabe o que são os gatilhos mentais e como eles ajudam a vender mais? Esses gatilhos são ferramentas que se usam para mudar a forma de se comunicar com um cliente em potencial.

A chance de você converter uma venda ao utilizar os gatilhos mentais é absurdamente maior, e nós te explicamos o porquê logo abaixo.

Porque utilizar gatilhos mentais para vender mais

Sempre que alguém vai tomar uma decisão, ela usa os dois lados do cérebro, o emocional e o racional.
Sendo assim, na hora de comprar algo, é mais vantajoso para o vendedor que o cliente use mais o lado emocional e inconsciente, pois ele facilita muito a conversão da venda. E é aí que os gatilhos mentais entram em ação.

Se você como vendedor for tentar ativar o lado racional e consciente do cliente, pode ter certeza que ele vai acabar achando dezenas de razões para não comprar o seu produto, mesmo que ele seja bom.

O que o gatilho mental faz é basicamente conversar com o lado emocional, deixando-o no comando da decisão e facilitando a venda. Faz todo sentido, não é mesmo?

Os 20 gatilhos mais poderosos para vender mais

Logo abaixo nós vamos mostrar 20 gatilhos mentais poderosos para aumentar as vendas do seu produto ou serviço.

Você também conhecerá um pouco mais de cada um e saberá por que eles funcionam para se comunicar com o cérebro emocional que está doido para comprar de você.

1- Reciprocidade

Quando você faz algo por uma pessoa, o emocional e inconsciente dela tende a entender que ela te deve um favor. Mesmo que seja feito algo muito pequeno, ela não vai medir o tamanho do favor e poderá te devolver em dobro tudo o que você fez por ela.

A dica é oferecer algo de valor para o seu cliente, mostrar que se importa, dar dicas práticas e ajudá-lo antes de pedir que ele compre algo de você.

2- Autoridade

Se você estiver passando mal e aparecer duas pessoas, uma com jaleco e outra sem, as duas te oferecerem um remédio, de qual você aceitaria?

A sua primeira impressão vai ser que a pessoa de jaleco aparentemente sabe o que está fazendo e você tem mais chances de aceitar o remédio dela.

Isso é o gatilho da autoridade: pessoas tendem a confiar mais em quem parece entender o assunto. Procure saber mais que o seu cliente procura, passe confiança, ofereça dicas como autoridade e as chances de venda aumentarão muito.

3- Antecipação

Na antecipação, você irá mostrar o que está por vir. Nesse caso você pode fazer um resumo do seu produto, as dores que ele vai tratar, os benefícios que ele vai trazer e deixar o cliente com um gostinho do produto.

Isso aumenta, e muito, as expectativas do seu cliente e deixa ele ansioso para saber o que tem por vir.
Utilize ferramentas para mexer com a imaginação do seu cliente. O cérebro não sabe diferenciar o sentimento de algo real e algo imaginário.

Quando você faz o seu cliente imaginar se beneficiando do produto, ele tem boas sensações e vai querer repeti-las.

4- Storytelling (Histórias)

Histórias conectam pessoas. Quando você conta sua história, a história que te levou a vender o produto ou qualquer outra do tipo, você cria uma vulnerabilidade e mostra que você chega desarmado.

Dessa forma, o seu cliente se sente mais seguro, mais próximo e mais inclinado a dar abertura para a oferta de compra.

5- Confiança

Valorize a confiança que o seu cliente deposita em você. Manter essa via de mão dupla da confiança pode fazer com que você venda para um mesmo cliente mais de uma vez se torne referência para ele na hora de indicar ou repetir a compra.

6- Escassez

O que tem pouco é mais valorizado. Quando se cria o sentimento de que o que você vende é único e especial e com acesso a poucas pessoas, elas se sentem mais inclinadas a comprar o seu produto ou serviço para fazer parte de um grupo mais seleto de pessoas.

Utilize métricas para provocar a escassez. Fale da quantidade limitada de produtos ou de vagas e veja que isso cria uma urgência, que é o próximo gatilho mental.

7- Urgência

Coloque prazo, e o cumpra! Mostre ao seu cliente que ele tem um tempo para tomar uma decisão, pois você não pode esperar para sempre. Coloque um relógio no inconsciente dele e veja como isso aumenta a vontade de comprar ou consumir o mais rápido possível.

No entanto, é importante também cumprir com o prazo. Não estenda o prazo ou seja maleável. Isso acaba com a sua credibilidade perante a palavra que deu anteriormente.

8- Comunidade

A comunidade é o gatilho do pertencimento. Pessoas querem se sentir parte de algo.
Para isso, se possível, procure promover engajamento e comunicação entre os seus clientes, para que eles possam compartilhar experiências benéficas.

9- Consistência

Seja consistente em suas ações e palavras. Cumpra o que você se comprometeu a fazer pelo seu cliente.
Além disso, mantenha um relacionamento periódico com ele, com prazos consistentes para que ele possa saber que você sempre está cuidando dos interesses dele.

10- Afinidade

Procure coisas em comum com o seu cliente. Essa é uma maneira de se aproximar dele e criar um relacionamento mais forte. Assim vocês compartilham os mesmos interesses e o inconsciente dele conclui que vocês estão do mesmo lado, e que você é alguém como ele, com as mesmas dores e lutas.

11- Curiosidade

Este gatilho mental é o famoso “pagar para ver”. Você precisa procurar despertar a curiosidade do seu cliente para que ele tenha interesse em comprar ou se abrir para saber. Este é um gatilho que te dá abertura para aplicar outros.

12- Prova Social

A famosa “moda”. Procure mostrar aos potenciais clientes a quantidade de pessoas que estão se beneficiando com o seu produto ou serviço.

Quanto mais pessoas estiverem “na onda”, no mesmo caminho que os outros estão, mais chances de outras pessoas darem abertura para o que você tem a oferecer

13- Prova (Depoimento)

Muito parecido com a prova social. A diferença é que aqui se preza mais pela qualidade do que pela quantidade.

As pessoas querem saber se há veracidade na informação de prova social e, para isso, você terá que mostrar pessoas reais e seus depoimentos sobre o produto que você vende.

Procure pedir aos clientes que já compraram para analisar o seu produto ou serviço, o atendimento, o pós-venda e a atenção que você deu aos possíveis problemas que apareceram pelo caminho.
Dessa forma, as pessoas sentem mais confiança ao saber que você atendeu às expectativas dos clientes.

14- Prazer

Esse é um dos gatilhos mentais ligado à antecipação, pois busca oferecer prazer aos clientes antes mesmo da compra. Seja com um ato de ajuda ou uma boa sensação.
Pessoas gostam de sentir prazer e vão te recompensar comprando seu produto, seja por reciprocidade ou pela vontade de repetir o sentimento de prazer.

15- Rapidez

Em um mundo cada vez mais imediatista, não perca tempo. Se uma pessoa quer algo de você, até mesmo o seu produto ou serviço, ofereça o mais rápido possível, sem margem para questionamentos. Além de deixar o cliente satisfeito pela rapidez e atenção, você ainda garante a venda antes que ela mude de ideia.

16- Exclusividade

As pessoas gostam de ser exclusivas, pertencer a um grupo seleto de pessoas e se sentirem especiais. Dê isso a elas! Junte a escassez com a exclusividade e as pessoas desenvolverão urgência para consumir o que você oferece.

17- Simplicidade

Se as pessoas tiverem que fazer esforço para entender ou utilizar o seu produto ou serviço, elas vão pagar para quem oferece facilidade e simplicidade.

Resolva o problema, cure uma dor e faça isso de forma simples, sem muitos processos, burocracias ou ferramentas muito complicadas.

18- Especificidade

Seja específico e certeiro na sua comunicação. Não dê margem para desconfiança e desentendimento.
O mesmo vale para o gatilho mental do Storytelling. Ao contar suas histórias, mostre detalhes, para que fique mais fácil se conectar pelas particularidades do que você está contanto. Quem sabe contar uma história envolvente, tem mais chances de vender.

19- Conversa

Saiba conversar, falar e ouvir. Faça perguntas pertinentes durante a conversa, mostre que se importa, deixe a conversa envolvente. Com isso, seu cliente passa mais tempo com você e dá diversas aberturas para que o negócio possa ser fechado.

20- Proibição

O que é proibido é mais desejado. Coloque impasses quando necessário. Não enrole muito, mas deixe margem para as pessoas acreditarem que aquilo é realmente mais difícil, mais proibido.

Saiba combinar os gatilhos para vender mais

Você foi apresentado a 20 gatilhos mentais que ajudam a manter uma boa comunicação com o cérebro emocional e inconsciente.

Portanto, procure mesclar os gatilhos e adequar a sua realidade de venda para obter melhores resultados.

Gostou dos gatilhos mentais? Tem mais algum que você conhece, usa e faz sucesso nas suas vendas?

Deixe um comentário!